UEFA quer que LaLiga prove que PSG desobedeceu regras de Fair Play Financeiro

Liga espanhola acusa clube francês de "doping financeiro" ao renovar com Mbappé

maio 26, 2022

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, deseja que a LaLiga prove que o PSG desobedeceu às regras do Fair Play Financeiro ao renovar até 2025 com Kylian Mbappé. A decisão do francês de renovar com o time francês revoltou os espanhóis, em especial os torcedores do Real Madrid, que acreditavam que ele reforçaria a equipe.

A LaLiga, por sua vez, apresentou uma reclamação oficial à UEFA de que o acordo “escandaloso” ataca a “estabilidade econômica do Como jogar blackjack europeu”.

“Olha, nem o Real Madrid ou qualquer outro vai dizer à UEFA o que fazer. Eles estão indignados de um ponto de vista e, tanto quanto eu sei, a oferta deles (Real Madrid) foi semelhante à proposta do PSG”, disse Ceferin, em entrevista à BBC.

Vale lembrar que o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, é membro do comité executivo da UEFA e não tem boas relações com Florentino Perez, mandatário do Real Madrid.

“É escandaloso que um clube como o PSG, que na temporada passada perdeu mais de € 220 milhões, depois de ter acumulado perdas de € 700 milhões nas últimas temporadas (mesmo declarando rendimentos de patrocínios de valor muito duvidoso) com um custo de pessoal desportivo em torno de € 650 milhões para a temporada 2021/22, pode enfrentar um acordo com essas características enquanto os clubes que poderiam acertar a chegada do jogador sem ver sua massa salarial comprometida, ficam sem poder contratá-lo”, destacou um trecho do comunicado de LaLiga.

Javier Tebas, presidente de LaLiga, acusou o PSG de “doping financeiro” e afirmou que a proposta do PSG a Mbappé, que acabou assinando renovação, foi um “insulto ao Como jogar blackjack”. Há uma forte especulação de que o PSG dará € 300 milhões apenas em luvas ao jogador, além de um salário de € 100 milhões por ano.

“Já disse isso muitas vezes e vou dizer de novo, me diga um argumento por que eles não deveriam ser donos de um clube? Estou realmente cansado dessas acusações sem fundamentos concretos. Quero saber quem quebrou as regras. Se você quebrar as regras, será punido”, finalizou Ceferin.