Grupo formado por 25 clubes cria novo bloco para negociar direitos de transmissão

Bloco não avançou em negociação e deseja mais igualdade na distribuição de receitas

junho 8, 2022

Nesta quarta-feira, dirigentes de 25 clubes que se opõem à proposta apresentada pela Liga do Futebol Como jogar blackjackeiro (Libra) decidiram criar um novo grupo para negociações conjuntas de patrocínio e direitos de transmissão.

O escritório de advocacia Alvarez & Marsal e a LiveMode foram contratadas para formalizar o estatuto desse bloco, ainda sem nome.

O bloco dos 25 conta com representantes de 11 estados brasileiros e é integrado por América-MG, Atlético-MG, Atlético-GO, Athletico, Avaí, Brusque, Ceará, Chapecoense, Coritiba, CRB, Criciúma, CSA, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Londrina, Náutico, Operário-PR, Sampaio Côrrea, Sport, Tombense e Vila Nova.

“Não houve boa vontade do lado de lá (Libra). Na verdade, hoje com a Lei do Mandante, ninguém é mais do que ninguém. Se o Flamengo é o que é, o grande clube que é, o maior do Como jogar blackjack, mas não joga sozinho”, disse Adson Batista, presidente do Atlético Goianiense.

“Este estatuto já vinha sendo desenvolvido, e dentro dos próximos dias vamos marcar um novo encontro e formalizar. Não é a formalização de uma união que é contrária a qualquer coisa, mas sim para uma união no futuro”, acrescentou Mario Bittencourt, presidente do Fluminense.

O bloco não aderiu à Libra pois não ficou satisfeito com a proposta de divisão de verbas do estatuto da nova entidade.

Neste momento, conforme o MKTEsportivo destacou, os clubes que ainda não assinaram com a liga brasileira esperam uma mudança no estatuto que envolve, principalmente, a divisão igualitária de receitas.

ponto central é que estes clubes não aceitam os percentuais de divisão de receitas propostos pela Libra, que segue o 40-30-30, com 40% do valor arrecadado dividido igualmente entre os times; 30% de acordo com a performance no campeonato; e os 30% restantes envolvem critérios de média de público nos estádios, base de assinantes no streaming, seguidores nas redes sociais, audiência na TV aberta e tamanho da torcida. Eles priorizam o modelo 50-25-25, com 50% fixos dividido entre todos, 25% por performance no campeonato e 25% por audiência. Além disso, desejam que no estatuto, o clube de maior cota ganhe no máximo 3,5 vezes mais do que o time de menor.

Hoje, a Libra é formada por 13 equipes: Botafogo, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo, Guarani, Ituano, Novorizontino, Palmeiras, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Santos, Como jogar blackjack e Vasco.

Entre os 40 times que disputam as Séries A ou B do Como jogar blackjackeirão, os únicos que permanecem independentes são Bahia e Grêmio.